mergulhem-se

terça-feira, 4 de setembro de 2007

O Cordão Partido - Bertolt Brecht

O cordão partido pode ser novamente atado
Ele segura novamente, mas
Está roto.

Talvez nos encontremos de novo, mas
Ali onde você me deixou
Não me achará novamente.

Um comentário:

Lice disse...

Gostei da ideia. Gostei do poema. Depois quero te passar um. Ja te dou um alo decente.
Amo.